Buscar
  • Lobby Social

Afinal, o que é lobby?


Por Paula Cunha e Gustavo Emmanuel


Como uma ponte, o lobby liga a sociedade civil e organizações ao poder público. Esta metáfora é particularmente razoável em uma sociedade democrática, onde representantes precisam ouvir as partes interessadas e chegar a um consenso. Neste sentido, é coerente pensar que os interesses dos mais diversos atores devam ser considerados pelos políticos na discussão e formulação de leis e políticas públicas.


Por outro lado, ninguém sabe de tudo. Muitas vezes, os interessados detém mais informação do que seus representantes. Em certos momentos, nem sequer sabem da existência de certas demandas ou problemas públicos. Por consequência, os membros do poder público necessitam de subsídio para combater a assimetria de informação. Com mais conhecimento, políticos podem tomar decisões mais assertivas.


Por isso, os(as) profissionais do lobby fazem o intermédio entre as organizações ou a sociedade civil e os políticos. Assim, políticos e gestores passam a entender o posicionamento dos mais variados grupos acerca de discussões públicas relevantes. Além disso, por vezes, trazem à tona demandas que antes sequer eram consideradas pelos tomadores de decisão.


Por certo, o lobista faz esta mediação por meio da apresentação de argumentos técnicos, dados e evidências. Pode ainda mostrar caminhos e alternativas de ação para a pessoa ou grupo que representa. Por sua vez, o agente público munido com informações, pode deliberar levando em consideração a vontade de diversos atores. Consequentemente, implementando políticas públicas efetivas e reforçando o processo democrático.

90 visualizações
Contato

Faça parte desse projeto!

​​

contato.lobbysocial@gmail.com
 

Nome *

Email *

Mensagem