Buscar
  • Lobby Social

Quem é que faz lobby?


Por Paula Cunha e Gustavo Emmanuel


Como falamos no último post, o lobby é o intermédio entre a sociedade e o poder público. Os indivíduos e grupos se organizam para defender seus interesses perante os tomadores de decisão. Diante disto, a pergunta que fica é: quais setores buscam se fazer representados no Brasil?


O Pensar RelGov produziu uma pesquisa que aponta os setores que mais contratam lobistas. Destacam-se o mercado farmacêutico (14,8%), o de tecnologia da informação (14,1%), o de biotecnologia (11,7%) e o de alimentos (10,2%). Além disso, é importante mencionar que sindicatos, ONGs e movimentos sociais também fazem lobby.


Alberto Alemanno, advogado italiano e acadêmico da HEC Paris e da NYU, defende que os próprios cidadãos sejam lobistas. Ele ressalta a importância do lobby no cotidiano. Encoraja a utilização de meios alternativos de ação, como as redes sociais, para influenciar diretamente políticos e gestores públicos.


Processos de fortalecimento da representatividade são legítimos e imprescindíveis para a construção de um Estado eficiente e democrático. Afinal, todos os atores e setores mencionados possuem preferências e interesses, os quais devem ser levados em consideração.


18 visualizações
Contato

Faça parte desse projeto!

​​

contato.lobbysocial@gmail.com
 

Nome *

Email *

Mensagem